Ingredientes

Rendimento:
4 pessoas
Tempo:
1 hora e 30 minutos
  • 2l de água

  • 1 colher (café) de bicarbonato de sódio

  • 1,5kg de mamão caipira verde cortado em tiras com a casca

  • 4 xícaras (chá) de açúcar cristal

  • 500ml de água

  • Cravo-da-índia a gosto

  • Canela em rama a gosto

Modo de Preparo

Corte a abóbora em pedaços regulares. Use a cal virgem para fazer um sachê com gazes esterilizadas (podem ser compradas em farmácias). Deixe a abóbora de molho na água com o sachê de cal por 50 minutos. Lave bem os pedaços de abóbora e escorra. Prepare uma calda rala com o açúcar, a água, o cravo-da-índia e a canela. Coloque os pedaços de abóbora na calda e deixe ferver até que comecem a ficar transparentes. Deixe esfriar, adicione em vidros esterilizados e faça o processo a vácuo.

Explicação de higienização e envase do vidro:
Processo de cuidado com os vidros para as compostas-geleias-conservas.

Esterilização das tampas:
Deixe as tampas na água fervente por 2 minutos e no forno pelo mesmo tempo. Utilize tampas de alumínio novas.

Envase:
O alimento deve ser envasado quente, seja ele um doce, uma compota, uma conserva ou uma
geleia. Encha por completo os vidros e, no caso das geleias, deixe 2 cm de borda. Após encher
os frascos, se necessários, retire o ar com auxílio de uma faca esterilizada, eliminando
quaisquer bolsões de ar que restem dentro do recipiente. Com a tampa esterilizada feche bem
o pote. Deve-se envasar em uma superfície plena e em temperatura ambiente. Não coloque os
vidros direto em superfícies com mármores, granitos ou inox frio, pois isso pode rachá-los.
Lembre-se de não colocar as mãos nos vidros para evitar queimaduras. É preciso ter muito
cuidado no processo de envase. Neste momento, os cuidados com a higiene devem ser
redobrados.

Pasteurização (vácuo):
Esta etapa assegura a durabilidade do alimento. Feito o procedimento a vácuo, a maioria dos
contaminantes a vácuo, não poderão se desenvolver em virtude da ausência de oxigênio. Para
proceder à pasteurização, é necessário colocar um pano no fundo do tacho (ou de uma
panela), dispor os vidros já lacrados, cobri-los com água acima da tampa e ferver de acordo
com a indicação a seguir (ou de acordo com o que vier descrito em cada receita)
Ex: vidros até 270 ml: 10 minutos
Vidros de 270 a 500 ml: 15 minutos
Vidros acima de 500 ml: 30 minutos
Os minutos devem ser contados a partir do momento em que a água começar a ferver. Deixe
os vidros na água até esfriar.

Validade:
Se todo o processo descrito foi seguido, a validade das conservas, das compotas, dos doces e
das geleias varia de 6 meses a 1 ano, podendo alcançar até 2 anos com segurança. Guarde
sempre em local seco, fresco e com ausência de luz, pois a claridade faz a conserva perder a
cor.

ASSISTA AO VÍDEO